estrutura

A Fundação João Gonçalves Júnior, localizada no centro histórico da Vila de Alcochete, foi constituída em 1953 por vontade expressa em testamento por D. Mariana Gonçalves Dias de Sousa Rodrigues, tendo como finalidade a distribuição de sopa aos pobres da freguesia de S. João Baptista de Alcochete.

Com o evoluir dos tempos e dos próprios conceitos de pobreza e de exclusão social foi necessário alargar a sua ação a outras áreas de intervenção social, nomeadamente a de educação de infância. Mantém, ainda assim, a sua vocação inicial, continuando a apoiar a população carenciada nos termos do definido em sede de Conselho Local de Ação Social (CLAS Alcochete), integrando a rede de cantinas sociais, no âmbito do Programa de Emergência Social.

A Fundação João Gonçalves Júnior era uma Instituição particular de solidariedade social pública administrativa à qual foi atribuído, em 1983, o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS).

A importância da indústria salineira e da sua preservação são marcas indeléveis na história da nossa Fundação a qual mantem em actividade a Salina do Brito a única Salina em funcionamento em todo Salgado do Tejo e, por isso e para o futuro, estão também presentes na nova imagem da Fundação.


Em 2007, a Fundação foi distinguida
com Medalha de Mérito pelo Município de Alcochete,
pelo trabalho desenvolvido, não só na área da infância e apoio social, mas também pelo empenhado contributo na preservação das tradições locais de salicultura.

Por outro lado, e fruto da capacidade de realização desta instituição, em 2010 a Fundação viu reconhecido o seu Sistema de Gestão, através da Certificação em Qualidade na ISO 9001/2008 e nas Respostas Sociais de Creche, de acordo com os referenciais da qualidade do Instituto da Segurança Social (ISS – nível C), bem como a certificação do seu Sistema de Higiene e Segurança Alimentar, no âmbito da norma HACCP (Hazard Analisys Critical Control Points – Análise de Perigos e de Pontos Críticos de Controlo).

Em Maio de 2013 a instituição renovou a certificação nos referenciais da qualidade para o nível A – ISS, mantendo a certificação da norma 9001/2008.

No mês de Maio de 2016 a fundação fez a transição para a normal 9001/2015, mantendo o nível A – ISS.

logos

Este esforço de progressiva reflexão e de adaptação da organização aos mais exigentes padrões de qualidade e de satisfação decorre de um envolvimento muito estreito entre a Direção, trabalhadores e parceiros. Tal dinâmica tem contribuído para o reforço de uma cultura profissional e ética inquestionáveis, para o delinear de novas áreas de projetos de intervenção e para a manutenção da Certificação em Qualidade.

© FJGJ 09       design Brand Image